loading...
- - -
América Latina Portal Europeo
REDIAL Red Europea de Información y Documentación sobre América Latina
CEISAL Consejo Europeo de Investigaciones Sociales de América Latina
Referencia anterior

A teoria da fronteira : reverberações e movimentos

Referencia siguiente
Artículo de revistaMota, Raquel Alves. (Universidade Federal de Minas Geráis, ERIMIT, Brasil). A teoria da fronteira : reverberações e movimentosAmerika, 2015 no. 13 Palabras claves:
América Latina
Literatura
Frontera, teoría, Literatura Comparada, poder, discurso, América Latina

Resumen:

O artigo se propõe a discutir − a partir do conto Traoré (2004) de Juan José Saer − como o conceito de fronteira viabiliza os estudos da Literatura Comparada. Essa metáfora representa o movimento incessante do pensamento que se recusa a ser dogmatizado. No conto de Saer é expressivo o estratagema do poder para impor seu domínio por intermédio da construção de discursos legitimadores. Os teóricos da Literatura Comparada defendem uma relação diferenciada com o discurso do poder, já que o pensamento teórico da disciplina nasce no intercambio das diferenças culturais ou na disposição em legitimar novos signos de identidade. A estratégia é colocar-se no limiar dos discursos como forma de preservar o movimento das ideias. Tendo como cerne teórico o conceito de entre-lugar de Silviano Santiago (1978) o artigo desvela como os teóricos da Literatura Comparada defendem as manobras do pensamento como forma de sobrevivência da própria teoria. Perpassam-se outros teóricos que como Santiago defendem esse lugar da diferença : como Bhabha (1998) por meio do conceito do “re-historicizar”, Didi-Huberman (2011) com o movimento dos lucciole ou com a intermitência e Hall (2006) com a metáfora da “interrupção”.

Ceisal Redial © REDIAL & CEISAL. Responsabilidad editorial: Araceli García Martín - AECID (Madrid, España),
Jussi Pakkasvirta - Ceisal (Helsinki, Finlandia).
Desarrollo web: Olivier Bertoncello Data Consulting    Alojamiento web: CCIN2P3