loading...
- - -
América Latina Portal Europeo
REDIAL Red Europea de Información y Documentación sobre América Latina
CEISAL Consejo Europeo de Investigaciones Sociales de América Latina
Referencia anterior

Impactos da Avaliação Externa nas Políticas de Gestão Educativa

Referencia siguiente
Artículo de revistaMachado, Cristiane. (Univ. Vale do Sapucaí, Brasil). Impactos da Avaliação Externa nas Políticas de Gestão Educativa.  / Impactos de la Evaluación Externa en las Políticas de Gestión Educativa REICE. Revista Electrónica Iberoamericana sobre Calidad, Eficacia y Cambio en Educación, 2013 vol. 11 no. 1 p. 40-55. Palabras claves:
Brasil
Educación
Evaluación de la educación, gestión escolar, mejora; educación de calidad, educación pública

Resumen:

Analisar a trajetória das avaliações externas e seus possíveis impactos na gestão das políticas educativas é o objetivo desse artigo. Introduz tecendo apontamentos sobre o contexto de emergência da avaliação externa e da gestão escolar. Explora a relação entre as iniciativas dos governos federal, estaduais e municipais de implementação de sistemas de avaliação externa com seus possíveis impactos na gestão das escolas. Nesse último caso, apoia-se na pesquisa nacional “Bons resultados no Ideb: Estudo exploratório de fatores explicativos”, que teve como objetivo analisar fatores da política educacional que explicariam bons resultados do Ideb de vinte municípios paulistas. Conclui-se, como resultado do estudo, que a avaliação externa veio para ficar e que há uma tendência crescente de implantação de políticas avaliativas no país com consequências que impactam cada vez mais na gestão e no cotidiano das escolas. Destaca alguns pontos que merecem cautela, como: observar se os alunos não estão sendo excessivamente submetidos a provas externas; desvelo na coleta dos dados e aplicação das provas e existência da promoção, pelos professores, do cotejamento dos resultados das avaliações externas com as avaliações internas. Ressalta que não cabe desconsiderar as avaliações externas e os resultados fornecidos por elas, mas sim de fortalecer seu papel de produzir elementos analíticos da realidade educacional e ressaltar seu potencial de ser um instrumento para a gestão escolar de construção de uma educação pública democrática e de qualidade para todos os alunos.

Otros artículos del número

Ver también

Ceisal Redial © REDIAL & CEISAL. Responsabilidad editorial: Araceli García Martín - AECID (Madrid, España),
Jussi Pakkasvirta - Ceisal (Helsinki, Finlandia).
Desarrollo web: Olivier Bertoncello Data Consulting    Alojamiento web: CCIN2P3