loading...
- - -
América Latina Portal Europeu
REDIAL Rede Europeia de Informação e Documentação sobre a América Latina
CEISAL Conselho Europeu de Pesquisas Sociais da América Latina
Referência anterior

Análise arqueométrica de pinturas rupestres pré-históricas do sítio Tamboril, Barras, Piauí, Brasil

Referência seguinte
Artigo de revistaCavalcante, Luis Carlos Duarte; Magalhães, Sônia Maria Campelo; Silva, Ennyo Lurrik Sousa da; Silva, Heralda Kelis Sousa Bezerra da. (Universidade Federal do Piauí, Brasil). Análise arqueométrica de pinturas rupestres pré-históricas do sítio Tamboril, Barras, Piauí, BrasilArqueología Iberoamericana, 2016 no. 29 p. 44-49. palavras chaves:
Brasil
Arqueologia | Artes plásticas, Pintura e Escultura
Pinturas rupestres, espectroscopia Mössbauer, arqueometria, Tamboril, Barras
Época pré-hispânica

Resumo:

O sítio arqueológico Tamboril, localizado na área rural do município de Barras, estado do Piauí, Brasil, é um bloco arenítico que apresenta um nicho decorado com pinturas rupestres, principalmente grafismos puros, motivos zoomórficos e carimbos de mãos humanas, pintados em diferentes tonalidades de vermelho. A conservação das pinturas é afetada por eflorescências salinas, resíduos decorrentes da atividade de insetos (como cupins e vespas) e impacto humano (visitação sem acompanhamento de guias e atividade agrícola nas proximidades). A análise arqueométrica de pigmentos dessas pinturas rupestres foi realizada no laboratório com fluorescência de raios X por dispersão de energia e espectroscopia Mössbauer do 57Fe em geometria de retroespalhamento de raios γ à temperatura ambiente. Os teores de Fe (como Fe2O3) encontrados nas pinturas variam de 2,953(1) massa% a 17,23(1) massa%. Os parâmetros hiperfinos Mössbauer revelaram que o pigmento vermelho-escuro das pinturas rupestres é composto de hematita (αFe2O3) e de um Fe3+ (super)paramagnético. Os teores de P (como P2O5) variam de 21,70(1) massa% a 25,92(1) massa% e foram atribuídos às eflorescências salinas e aos resíduos orgânicos de atividades de insetos que cobrem as inscrições pré-históricas.

Otros artigos do número

Ver também

Ceisal Redial © REDIAL & CEISAL. Responsibilidade editorial: Araceli García Martín - AECID (Madrid, España),
Jussi Pakkasvirta - Ceisal (Helsinki, Finlandia).
Desenvolvimento web: Olivier Bertoncello Data Consulting    Alojamento de sites: CCIN2P3