loading...
- - -
Latin America European Portal
REDIAL European Network of Information and Documentation on Latin America
CEISAL European Council for Social Research on Latin America
Review Borealis. An International Journal of Hispanic Linguistics

Brasiliana - Journal for Brazilian Studies

Review Brasilien Aktuell : Informationen auf Wirtschaft, Politik und Kultur

Year: 2014 vol. 3 n. 1

Dalcastagnè, Regina; Carvalho, Vinicius Mariano de. A literatura brasileira contemporânea.  / La literatura brasileña contemporánea p. 1-356 Brasil

Summary

Os artigos do dossiê Literatura Brasileira Contemporânea captaram a dinâmica de vozes de a produção literária que não apenas abre-se a novos modos expressivos e incorpora recursos e estratégias provenientes de outras linguagens artísticas, mas também posiciona-se criticamente frente às transformações sociais e políticas pelas quais o país vem passando. A inclusão de expressões de geografias sociais historicamente subalternizadas e a ruptura com o par antitético centro-periferia é outra característica desta produção literária e que aparece refletida neste dossiê.

Pellegrini, Tania. A outra volta do parafuso: Marcelino FreireIn  A literatura brasileira contemporânea p. 4-30 Brasil
Violencia; crueldad; tragedia; función estética; función ética

Summary

A proposta deste ensaio é examinar como se articula a organização formal da matéria violenta que a realidade brasileira hoje oferece, até atingir a crueldade, examinando dois contos do escritor Marcelino Freire, tentando verificar que funções, além da estética, cumpre essa organização, sem deixar de considerar que essas funções se manifestam sob as condições dadas pelo contexto específico da chamada “tragédia social” brasileira. Nesse sentido, desenvolve-se a hipótese de que textos desse tipo podem constituir um gênero peculiar a que caberia o rótulo de “tragédia mínima”.

Dalcastagnè, Regina. Deslocamentos urbanos na literatura brasileira contemporâneaIn  A literatura brasileira contemporânea p. 31-47 Brasil
Espacio; deslocalización; pobreza; literatura brasileña contemporánea

Summary

Se toda narrativa é “um relato de viagem – uma prática do espaço”, como propunha Michel de Certeau, a intenção aqui é entender os sentidos possíveis dessa prática na literatura brasileira contemporânea, observando personagens que se constituem justamente a partir de seus deslocamentos pelo espaço urbano. A discussão acompanhará os percursos de personagens pobres, detendo-se sobre as especificidades de seus movimentos e os significados de seus relatos. Serão analisados os livros Guia afetivo da periferia, de Marcus Vinícius Faustini, Passageiro do fim do dia, de Rubens Figueiredo, Estação terminal, de Sacolinha, e A máquina de revelar destinos não cumpridos, de Vário do Andaraí

Machado, Madalena Aparecida. Sob o signo da diferençaIn  A literatura brasileira contemporânea p. 48-68 Brasil
Literatura; Posmoderno; Diferencia

Summary

Neste artigo pensamos a questão da diferença na Literatura Pós-moderna, tanto em elementos poéticos e prosaicos quanto em sentidos possíveis nos textos literários. Formas de sensibilidade, paradoxos e fragmentações avaliados teoricamente corroboram para uma visão mais percuciente do que se entende por Literatura em tempos de globalização. No século XXI, autores do chamado cânone são pesquisados lado a lado dos não canônicos a fim de ultrapassar a barreira do mercado editorial. Ligados via qualidade estética nesta interpretação, o diferente deixa de ser o ignorado para uma compreensão mais perspectivada do que a Literatura pode produzir em termos de conhecimento.

Ornellas, Sandro. Cultura literária contemporânea no Brasil: Notas sobre a Internet, Poesia e Resistência.In  A literatura brasileira contemporânea p. 69-91 Brasil
Internet; texto poético; edición; cultura literaria; literatura brasileña contemporánea

Summary

O objetivo deste artigo é apresentar algumas das mudanças em curso na cultura literária brasileira, a partir dos novos cenários e das novas experiências (artísticas e de sociabilidade) propiciadas pela cultura digital contemporânea. Parte-se inicialmente de uma discussão metodológica sobre as articulações que seriam mais apropriadas para se pensar a cultura literária em tempos cada vez mais complexos como os da cultura digital, com suas implicações em ondas sobre outros campos, como o econômico, o político, o educacional e o artístico. Em seguida, apresenta-se alguns exemplos de produtivas contaminações entre o texto literário tradicional e o ambiente digital, a partir de poetas brasileiros que escrevem no século XXI, movidos de certa forma pelo calor das transformações tecnoculturais. Na terceira parte, discute-se algumas experiências contemporâneas de um retorno diferenciado a certas formas de edição artesanal como resultado justamente das mutações digitais do mundo contemporâneo, mas também como forma de resistência às novas modos de controle que daí também advém muito fortemente.

Melo, Cimara Valim de. O romance brasileiro contemporâneo sob o olhar do ponto cegoIn  A literatura brasileira contemporânea p. 92-119 Brasil
Romance brasileño contemporáneo. Lya Luft. Literatura y sociedad

Summary

O presente estudo centra-se na ficção da escritora Lya Luft, mas especificamente no romance O ponto cego (1999), com o objetivo de proporcionar uma leitura quanto à forma como a narrativa representa conflitos entre indivíduo e mundo contemporâneo. Para isso, centra-se na problematização social através de seu reverso, a introspecção, bem na forma como o romance representa, pela memória e pelas digressões das personagens, conflitos familiares, contradições humanas e fragmentação de valores. Considerando a representatividade da escritora no painel literário brasileiro do final do século XX, busca-se acrescentar informações relevantes à fortuna crítica referente ao romance luftiano.

Assis, Laura. A essencialidade dos “detalhes inúteis”: estratégias de representação em dois romances de Daniel GaleraIn  A literatura brasileira contemporânea p. 120-138 Brasil
Contemporaneidad, imagen, representación

Summary

O ensaio visa a discutir e investigar questões ligadas à relação entre texto e imagem em duas obras do escritor Daniel Galera, Mãos de cavalo (2006) e Barba ensopada de sangue (2013). O objetivo será analisar de que maneira o autor trabalha com as descrições, procurando agenciar a criação de efeitos visuais e sensitivos e de cenários físicos e psicológicos. Para tanto, serão observadas teorias sobre a representação visual na literatura, assim como a possível relação entre essas estratégias de representação e a demanda de real que pode ser verificada na prosa de ficção brasileira contemporânea. A hipótese a ser trabalhada é a de que a representação imagética e sensorial operada por meio das descrições na prosa de Galera funciona justamente como uma reação ao esvaziamento da experiência e à procura do real identificada na literatura do presente.

Antunes, Gabriela. Desenterrado os mortos: A reconstrução do passado político brasileiro na obra de Edney SilvestreIn  A literatura brasileira contemporânea p. 139-160 Brasil
Literatura contemporánea; novela histórica; Brasil; Edney Silvestre

Summary

Este artigo tem como objetivo analisar a trilogia de estreia de Edney Silvestre, composta por Se eu fechar os olhos agora (2009), A felicidade é fácil (2011), e Vidas provisórias (2013). Pretende-se fazer um breve balanço da contribuição do autor para a reabertura de um debate sobre o recente passado histórico-político brasileiro, e, relacionando os fatos abordados no romance com temas contemporâneos, ressaltar a relevância e a atualidade desse debate. Para isso, os textos serão analisados cronologicamente, o que visa mostrar o desenvolvimento do tratamento do sujeito histórico no conjunto de obras do autor.

Coronel, Luciana Paiva. Vozes dissonantes das quebradas nos Contos negreiros, de Marcelino FreireIn  A literatura brasileira contemporânea p. 161-183 Brasil
Alteridad; negritud; representación literaria

Summary

O artigo analisa a obra Contos negreiros, de MarcelinoFreire, entendendo-a como uma miscelânea de vozes provenientes das margens sociais de nosso país cuja emergência no terreno ficcional alarga os horizontes de representação da literatura brasileira contemporânea devido à afirmação da diferença de que são portadoras. Aponta nos contos a presença do discurso direto dos personagens, destituído da mediação tradicional de um narrador que pudesse cercear-lhes a autonomia. Aponta igualmente a presença de uma forma híbrida nos textos, marcados pela mescla entre o canto e o conto, entre a oralidade africana e a escrita letrada, forma esta que julga-se propícia a criar meios para a emergência da voz do Outro que ali ressoa com pungência suas razões e suas dores ancestrais.

Lima, Marleide Anchieta de. O lirismo gauche de Afonso Henriques Neto: reflexões sobre a poesia brasileira contemporâneaIn  A literatura brasileira contemporânea p. 184-218 Brasil
Poesía brasileña contemporánea; lirismo gaucho; Afonso Henriques Neto

Summary

This article intends to analyse the lyrical peculiarities in the poetry of Afonso Henriques Neto, placing them into the current Brazilian literary panorama. In addiction, it discusses the poet's gauche writing as a verbal-visual displacement observed in his formal and thematic imprecisions, in the problematization of his poetic heritage and in his relation with the "marginal" generation, with the beatniks and with the poets of the French modernism.

Muzi, Joyce Luciane Correia; Zolin, Lúcia Osana. Uma e muitas: A representação da personagem feminina em "Algum Lugar" de Paloma VidalIn  A literatura brasileira contemporânea p. 219-236 Brasil
Posmodernidad; Identidades; Sujeto fragmentado; Paloma Vidal; Personaje feminino

Summary

Este artigo se propõe a analisar a construção da(s) identidade(s) da protagonista de Algum lugar (2009), primeiro romance da escritora Paloma Vidal. Com base numa perspectiva pós-moderna, tratamos das relações que a personagem estabelece com pessoas e lugares, pois os processos de identificação lhe serão fundamentais para se compreender. Nesse sentido, a questão da(s) identidade(s) vem à tona: como um típico sujeito fragmentando (HALL, 2011), a personagem-narradora não nomeada fará registros, como num diário, para a partir deles reconstruir seu passado e compreender seu presente. Há grande relevância o fato de o livro ter sido escrito por uma mulher que, ao representar também uma mulher, nos sugere sua preocupação em evidenciar que os conflitos identitários que caracterizam a pós-modernidade não são exclusivos de um gênero, uma classe, raça, religião. O romance representa a busca constante por autoconhecimento, por se aproximar dos/as outros/as, de algum lugar, ou de qualquer lugar.

Chagas, Pedro Ramos Dolabela. Sobre a origem histórica da diversidade do romance brasileiro contemporâneo (numa leitura de Quarup como “romance de arquivo”)In  A literatura brasileira contemporânea p. 237-264 Brasil
Romance brasileño contemporáneo; historia del romance brasileño; romance latinoamericano; Quarup

Summary

Debate-se a origem histórica da alta diversidade estilística e temática da literatura brasileira contemporânea, tendo como foco o romance. Discute-se as dominantes poetológicas que conferiram estabilidade ao gênero no Brasil até, aproximadamente, a década de 1950, localizando-se nas décadas de 1960 e 1970 a dissipação daquelas dominantes, do que seria sintomática a emergência de um novo tipo de obra: o “romance de arquivo” (pela denominação de R. G. Echevarría). Da discussão das tendências que então perdiam prestígio, são discutidas as características do “romance de arquivo”, tomando-se Quarup, de Antônio Callado, como exemplo. O argumento é que a perda de importância de paradigmas críticos tradicionais, as transformações sociais vividas no Brasil e o surgimento de obras dissonantes da tradição produziram um campo literário complexo e menos regido por expectativas normativas, favorecendo a diversificação e inaugurando o período de incremento da variação estilística que, passadas algumas décadas, hoje caracteriza a nossa literatura.

Rocha, Rejane. Melancolia in progress: uma leitura de Os famosos e os duendes da morteIn  A literatura brasileira contemporânea p. 265-287 Brasil
Os famosos e os duendes da morte; literatura brasileña contemporánea; convergencia mediática; contexto digital

Summary

Este artigo analisa o romance Os famosos e os duendes da morte, discutindo a maneira como a literatura pode ser compreendida no contexto da convergência midiática. O romance, uma das obras que constituem um projeto que compreende, também, filme, trilha sonora e vídeos compartilhados no youtube, pode ser discutido como um exemplo de procedimentos de leitura e de escrita característicos do contexto digital.

Rossini, Tayza Nogueira. A construção do feminino na literatura: representando a diferençaIn  A literatura brasileira contemporânea p. 288-312 Brasil
literatura; representación femenina; mujer negra

Summary

Tradicionalmente, as mulheres foram, nas esferas que abrangem o social, o histórico, o político e o estético, consideradas como inferiores ao sexo masculino. Em virtude da política do patriarcalismo, a mulher foi silenciada, excluída e vitimada por preconceitos e estereótipos lançados em sua imagem ao longo da história. Quando se trata da mulher negra a situação é ainda mais complicada. Se à mulher branca cabia o silenciamento e o subjugamento social, o espaço reservado à mulher negra era muito mais inferiorizado. Com base nesta perspectiva, a literatura de autoria feminina suscita um novo olhar sobre a produção literária produzida desde meados do século passado até os dias de hoje. Vista de forma não valorativa, tanto no campo cultural como cultural, a experiência vivida até então pela mulher justifica o surgimento, em meados do século XX, de ações no sentido de conscientizar os indivíduos da necessidade de desconstruir a opressão e a marginalização da mulher.

Vejmelka, Marcel. Viagens e leituras japonesas em Rakushisha, de Adriana LisboaIn  A literatura brasileira contemporânea p. 313-334 Brasil
Japón; Adriana Lisboa; Matsuo Basho; Sei Shonagon; Roland Barthes

Summary

No romance Rakushisha (2007), Adriana Lisboa representa várias dimensões da experiência da alteridade. Os dois protagonistas brasileiros que viajam ao Japão – Haruki em busca de suas raízes culturais, Celina em busca dela mesma – refletem a estadia da própria autora em Quioto, experiência necessária para poder escrever o livro, como afirma ela. A viagem do protagonsitas ao Japão também funciona como guia para os leitores na descoberta e no diálogo com as obras dos poetas japoneses Matsuo Bashō (1644-1694) e Sei Shōnagon (966-1025) – particularmente o Saga Nikki e o Livro de cabeceira – assim como a experiência do Japão relatada por Roland Barthes em L’Empire des signes.

Brito, Luciano. O retorno à natureza na ficção brasileira do começo do século XXIIn  A literatura brasileira contemporânea p. 335-356 Brasil
Ficción contemporánea; representaciones de la naturaleza; Bernardo Carvalho; Milton Hatoum; Daniel Galera; literatura mundial; geocrítica; sucuris

Summary

Este artigo procura entender a tentativa de retorno a representações da natureza na ficção brasileira do começo do século XXI, a partir dos romances Nove noites (2002) de Bernardo Carvalho, Órfãos do Eldorado (2008) de Milton Hatoum e Barba ensopada de sangue (2012) de Daniel Galera. Não sendo mais o sinal de uma necessidade de reivindicação de um patrimônio cultural nacional, como foi o seu papel durante séculos de historiografia literária e cultural, a natureza ressurge na ficção brasileira, de modo inédito, por outros sentidos – de revelação, destruição ou utopia –, excedendo e renovando sua imagem inicial, propagandística, de representação de uma nação. A consequência dessa passagem simbólica, e que mimetizaria o movimento da ficção brasileira atual, é a sua desapropriação como um bem orgulhosamente nacional e a sua integração no que poderíamos chamar de literatura mundial.

Silva, José Lindomar. A carnavalização do Nordeste no romance Sargento Getúlio, de João Ubaldo Ribeiro: revisando as identidades e desconstruindo estereótipos. p. 357-385 Brasil
Nordeste; carnavalización; identidad; Sargento Getúlio

Summary

Este trabalho é o resultado de um estudo feito com o romance Sargento Getúlio, de João Ubaldo Ribeiro. Apresenta-se como nosso objetivo geral analisar a construção da identidade nordestina, pela desconstrução de estereótipos, a partir da carnavalização e dos aspectos cômicos e paródicos presentes na obra. Os nossos estudos, referentes ao romance descrito, evidenciaram, de antemão, a desconstrução estereotipada do cangaceiro, das secas, bem como uma (re)valorização cultural do Nordeste, mediante a identificação de uma “nova” paisagem e da linguagem de um povo cuja identidade faz parte da diversidade social nacional. Assim, mostramos um Nordeste carnavalizado, no qual as mascaras da injustiça e das ideologias opressoras não encontram mais espaço.

Witeze Junior, Geraldo; Passos, Aruanã Antonio dos. O Brasil é um Estado Racista? Dois ou três apontamentos e algumas definições. p. 386-412 Brasil
Racismo de Estado; Colonialidad; violencia; poder; pueblos indígenas

Summary

Neste artigo usamos as noções de colonialidade (E. Dussel e A. Quijano) e de racismo de Estado (H. Arendt) para criticar os modos de dominação contemporâneos, em particular na realidade brasileira. Esses conceitos não servem apenas para compreender a realidade histórica e a constituição dos modos de dominação etnocêntricos e eurocêntricos, mas também para intervir no espaço público produzindo formas de pensamento libertárias a partir de uma reflexão autocrítica. Exploramos a ideia de que o Brasil pode ser considerado um estado racista com relação aos povos indígenas. Usamos o conceito de colonialidade para desenvolver essas ideias, de forma a deixar claro que é possível ser um estado colonial mesmo após se tornar formalmente independentemente.

Sá de Oliveira, Thiago Azevedo. O romance 'Homens e caranguejos' de Josué Castro: A contemporaneidade no tempo narrativo da memória. p. 413-440 Brasil
Carácter cíclico, cronotopo, conversión, romance

Summary

A trama de Homens e caranguejos (1967), escrita por Josué de Castro, atravessa a fluída dimensão do tempo, acoplando-a às transformações gestadas nos elementos telúricos da vida textualizada, tal qual manifesta Mikhail Bakhtin sob a categoria do cronotopo. No curso da lama e das rememorações distantes nos espaços e tempos deixados para trás, vincula-se o devir temporal como um dos elementos-chave para sua mediação interpretativa.

Silva, Anderson Lopes da; Ribeiro, Regiane Regina. O Cinema brasileiro e as identidades híbridas em Ruy Guerra: O olhar latino-africano de um cidadão da vida. p. 441-471 Brasil
Cinema Novo; Hibridización; Ruy Guerra; Identidad

Summary

O artigo tem o objetivo de apresentar a vida e a obra do cineasta Ruy Guerra a partir da perspectiva identitária, mais especificamente, das identidades híbridas. Como aporte reflexivo serão usadas as concepções de hibridização para Stuart Hall e Homi Bhabha, teóricos dos Estudos Culturais. O trabalho ainda apresenta a presença do diretor no Cinema Novo brasileiro. Por fim, utilizando-se da própria definição de Ruy Guerra, chega-se a conclusão de que sua identidade é híbrida por ser ele um latino-africano sem noção de nacionalidade como espaço fixo, mas sim um cidadão da vida. Uma vida nômade.

Gonçalves, Leandro Pereira; Matos, Maria Izilda Santos de. “Meu primeiro manifesto político foi um romance”: reflexões sobre a obra O Estrangeiro de Plínio Salgado. p. 472-511 Brasil
Plínio Salgado; Eugenia; Inmigración

Summary

Plínio Salgado é conhecido como líder e mentor do movimento integralista, todavia, a sua atuação literária teve grande destaque no cenário cultural brasileiro e português. Na sua ampla produção, merece menção o romance O estrangeiro (1926), no qual destaca a figura do imigrante no desenvolvimento da nação e aprofunda a crítica à sociedade de então, refletindo sobre o modelo nacionalista a ser empregado no Brasil. Esta pesquisa buscará analisar esta obra em interfase com as propostas dos eugenistas paulistas sobre a questão da imigração.

Brasiliana - Journal for Brazilian Studies
Free numerical version | Semestral | Denmark Online ISSN: 2245-4373
Year of creation: 2012

Publisher: Aarhus University
Address: Department of Aesthetics and Communication - Aarhus University
Jens Chr. Skous Vej 2, Bygn 1484 - 639
8000 - Aarhus - DK

Publicación dedicada a los Estudios Brasileños, abierta a investigadores de las diferentes disciplinas de Humanidades y Ciencias Sociales.

Review summaries

Ceisal Redial © REDIAL & CEISAL. Editorial responsibility: Araceli García Martín - AECID (Madrid, España),
Jussi Pakkasvirta - Ceisal (Helsinki, Finlandia).
Web development: Olivier Bertoncello Data Consulting    Web hosting: CCIN2P3: CCIN2P3